Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Mohave investe 49 milhões para encontrar petróleo em Portugal

A companhia Mohave Oil & Gas vai investir 70 milhões de dólares (49 milhões de euros) até 2013 para encontrar hidrocarbonetos em Portugal, disse a semana passada à agência Lusa o diretor-geral da empresa.

Arlindo Alves diz que este investimento integra intervenções a realizar nas atuais cinco concessões de prospecção, três ‘onshore’ (em terra, em Aljubarrota, Rio Maior e Torres Vedras e duas ‘offshore’ (no mar), São Pedro de Moel e Cabo Mondego.

Ao 26º dia de prospecção no mar que decorre entre São Pedro de Moel (Marinha Grande) e Cabo Mondego (Figueira da Foz), o responsável sublinha que “as operações estão a correr muito bem” e “é difícil” que os dados recolhidos não confirmem a existência de petróleo na costa portuguesa.

A Mohave Oil & Gas, de capitais canadianos, opera em Portugal há 18 anos, tendo investido 42 milhões de euros, 16 milhões dos quais nos últimos dois anos.

A operação que está a decorrer no mar até meados de setembro envolve uma embarcação que reboca dez cabos submergidos com seis quilómetros de comprimento e cem metros de distância entre cada um deles (um quilómetro de largura total).

Os cabos integram sensores responsáveis pela leitura do choque de ondas sonoras com a superfície do oceano, previamente “enviadas” com recurso a canhões de ar, tecnologia conhecida como prospeção sísmica a três dimensões (3D).

Os dados recolhidos permitem perceber quais as formações rochosas no subsolo do leito marítimo e são depois interpretados por geólogos e geofísicos “que dizem onde [futuramente] perfurar”, explicou.

“A hipótese de acertar é de 10 por cento”, estimou.

Para a sondagem obter resultados o navio tem de navegar a uma velocidade constante – não pode parar – e há que contar com impedimentos vários que decorrem do vento ou problemas com ruídos exteriores, como, por exemplo, motores de outras embarcações nas proximidades.

A pesca está restrita na costa portuguesa, numa zona entre Mira e São Martinho do Porto, devido a sondagens sísmicas com recurso a uma embarcação especializada que a empresa petrolífera Mohave Oil & Gas está a realizar.

De acordo com o comandante do Porto da Figueira da Foz, Rui Amado, atualmente, a zona restrita vai desde Mira a São Martinho do Porto, uma das três áreas envolvidas na operação.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.