Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Media: Governo está a rever modelo de serviço público

O ministro dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, afirmou hoje que o Governo terá pronto “até fins de outubro” um novo modelo de serviço público no que à presença do Estado no setor da comunicação social diz respeito.

“O país tem de agir com rapidez. Não temos tempo a perder. Esse é o nosso objetivo em todas as áreas. O país precisa de reformas, as reformas têm de ser feitas. Estamos a pedir sacrifícios aos portugueses e os sacrifícios têm de valer a pena. E esses exemplos terão que ser dados na eficiência da gestão”, disse o ministro com a pasta da comunicação social, no final de uma visita à agência Lusa, empresa onde o Estado detém uma participação de 50,1 por cento.

“Temos de lutar contra o tempo em todas as áreas. Mesmo os diagnósticos têm de ser feitos com rapidez”, disse Miguel Relvas, que anunciou para “os próximos dias” a criação de um grupo de trabalho que vai definir o conceito do serviço público na área da comunicação social.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.