Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Fitch corta rating do Chipre em dois níveis

A Fitch baixou a classificação da dívida de longo prazo do Chipre em dois níveis, de A- para BBB, colocando-a ainda com perspectiva negativa, informa a agência de notação financeira em comunicado.
“A descida em dois níveis da nota do Chipre reflecte a derrapagem orçamental actual e antecipada”, diz a agência de rating.

O défice orçamental do Chipre situou-se nos 3,5% do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro semestre, um aumento face aos 1,9 % registados no mesmo período de 2010, segundo o Ministério das Finanças do país.

A Fitch acrescentou ainda que, em sua opinião, este Estado-membro da Zona Euro “não poderá aceder aos mercados internacionais” para refinanciar a dívida que vence em 2011 e 2012.

De acordo com Chris Pryce, director de dívida soberana da Fitch, é esperado que o défice do Chipre atinja os 7% do Produto Interno Bruto (PIB) este ano.

O analista acrescentou que este aumento face à estimativa inicial de 4% “não pode ser atribuída à recente explosão de uma base naval, que destruiu a principal central de electricidade” da ilha que, no entanto, deverá ter implicações na economia do pequeno país.

A Fitch estima que o PIB desça este ano e no próximo em 1,5 pontos percentuais.

O Chipre é o terceiro país mais pequeno da Zona Euro (atrás de Malta e do Luxemburgo), com apenas 700 mil habitantes, e tem uma economia intimamente ligada à da Grécia, o primeiro país da União Europeia a pedir ajuda externa para evitar a falência. Os bancos do Chipre estão especialmente expostos à Grécia, com um quarto dos seus activos em dívida helénica.

A Fitch estima que, em 2012, o Chipre vai precisar de ajuda externa para financiar a sua dívida, já que, com as reservas de caixas no mínimo, o Governo vai ter de devolver 1.200 milhões de euros em dívida nos dois primeiros meses de 2012.

A pressão dos mercados sobre o Chipre levou a Comissão Europeia a garantir, no início de Agosto, que não tem “sobre a mesma” nenhum plano de ajuda ao pequeno país, assim como à Espanha e à Itália e Chipre.

O Governo de Chipre adoptou hoje um pacote de medidas de austeridade que será apresentado ao Parlamento esta quinta-feira.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.