Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

NERLEI preocupada com falta de dinheiro dos bancos para as empresas

A Associação Empresarial da Região de Leiria, NERLEI, está «preocupada com as crescentes denúncias feitas por associados de que os bancos estão a dificultar o acesso ao crédito para financiamento corrente da actividade das empresas», explica em comunicado.

Segundo a Direcção da NERLEI, a falta de liquidez da banca e os critérios apertados que estão a ser adoptados, impedem as empresas de seguirem a sua actividade normal e estão a levar muitos empresários «ao desespero». De acordo com a Direcção da NERLEI, trata-se de «um problema sério que está a condicionar fortemente a economia da região, como certamente acontecerá com o resto do país».

Neste contexto, e porque o assunto merece uma reflexão imediata e alargada, a NERLEI vai organizar um Conselho Empresarial, órgão consultivo da Direcção, onde estão representadas todas as associações sectoriais do distrito de Leiria, bem como entidades e empresas representativas dos diferentes sectores de actividade, para debater a dificuldade de acesso ao crédito, o seu custo e a relação entre o sistema bancário e as empresas.

A Direcção da NERLEI vai convidar para estar presente neste Conselho Empresarial pessoas com conhecimento e responsabilidades na matéria, agendando proximamente o dia da sua realização.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.