Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Brasil: Ministro defende compra de títulos dívida portugueses

O ministro brasileiro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, defendeu hoje a compra de títulos da dívida portuguesa pelo Brasil, para ajudar Portugal a superar a crise financeira.

«Eu defendo a ideia de que a gente deve comprar [os títulos], ainda que a avaliação de risco do papel [da dívida portuguesa] não seja boa», considerou.

«Nesse momento, tem razões políticas que devem se sobrepor às razões meramente económicas», disse Pimentel, argumentando que a relação entre Brasil e Portugal é «especial», já que os dois países falam a mesma língua e partilham a mesma história.

O responsável deixou claro que não falava oficialmente pelo governo, mas afirmou que o Brasil tem condições de exercer um papel mais ativo na busca de soluções para o problema português.

Segundo Pimentel, o governo brasileiro avaliou a compra dos títulos da dívida, ainda não tomou uma decisão sobre isso, mas “vai tomar”.

As declarações do responsável brasileiro foram feitas durante um almoço com empresários organizado pela Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.