Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

NERLEI reitera apoio à abertura da Base Aérea de Monte Real ao tráfego civil

A NERLEI – Associação Empresarial da Região de Leiria reitera o seu apoio à abertura da Base Aérea de Monte Real ao tráfego civil, projecto que desde sempre defendeu.

O apoio da NERLEI, em representação do tecido empresarial da região, parte do pressuposto e entendimento de que este investimento trará mais-valias inequívocas ao desenvolvimento regional e também nacional, e ainda que permitirá potenciar uma infra-estrutura já existente, mediante um investimento necessariamente menor do que o que exigiria uma estrutura construída de raiz, explica em comunicado.

A Direcção da NERLEI entende que, para se continuar a lutar pela concretização deste projecto, é imprescindível que aos empresários e restantes agentes da sociedade civil do distrito «se juntem de forma inequívoca», autarcas e sobretudo os deputados candidatos à Assembleia da República pelo círculo de Leiria. Será também importante a colaboração do futuro Governo, não tanto para realizar o investimento, mas para ajudar a ultrapassar alguns constrangimentos administrativos que existem.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.