Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

CE aprova resgate a Portugal «bastante duro, mas realista»

A Comissão Europeia (CE) deu hoje, em Estrasburgo, o seu aval ao programa de assistência financeira negociado entre a troika e o Governo português, faltando agora, no início da próxima semana, a aprovação final dos ministros das Finanças europeus.

«A Comissão Europeia aprovou hoje o programa de assistência a Portugal de 2011 a 2013», anunciou o comissário europeu da Economia, acrescentando tratar-se de um programa «bastante duro, mas realista».

A decisão final sobre o resgate a Portugal será tomada no início da próxima semana, pelos ministros das Finanças da Zona Euro a 16 de maio (segunda-feira) e da União Europeia no dia seguinte terça-feira).

“Estou confiante que os ministros das Finanças irão aprovar este programa”, disse Olli Rehn.

Os responsáveis da Zona Euro (17 Estados-membros) terão de aprovar a parte da ajuda financeira relacionada com o Fundo Europeu de Estabilização Financeira (FEEF)e os da União Europeia (27) a parte do Mecanismo Europeu de Estabilização Financeira (MEEF).

Portugal vai beneficiar de um empréstimo de 78 mil milhões de euros por parte do FEEF, do MEEF e do Fundo Monetário Europeu (FMI).

As duas entidades europeias são responsáveis por dois terços do montante (52 mil milhões) e o Fundo Monetário Internacional por um terço (26 mil milhões).

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.