Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Irlanda vai fundir os quatro bancos em apenas dois

A Irlanda vai criar um sistema financeiro com apenas dois bancos, anunciou esta quarta-feira o ministro das Finanças, Michael Noonan, depois dos testes de stress terem revelado que a banca irlandesa necessita de mais 24 mil milhões de euros.

Apesar do valor ficar abaixo do esperado – as últimas estimativas apontavam para 30 mil milhões de euros – mostra a falta de saúde financeira da banca irlandesa, depois de já ter recebido 220 mil milhões de euros (70 mil milhões de ajuda à recapitalização, e 150 mil milhões ao financiamento de curto prazo).

Os quatro bancos irlandeses foram agora sujeitos a novos testes de stress, concluindo que o plano de salvação deste sistema financeiro vai ficar 24 mil milhões mais caro à União Europeia e FMI.

Em reacção, Michael Noonan explicou, citado pela Reuters, que estas novas «injecções de capital vão ser aproveitadas para criar um novo sistema bancário com dois bancos de serviço universal, que serão os pilares deste sistema».

Ao mesmo tempo o Irish Life & Permanent IPM.I será «reestruturado», garantiu o governante.

Os, até agora, quatro bancos irlandeses vão ser fundidos em dois: o Bank of Ireland e o Allied Irish Banks/EBS.

O Allied Irish Banks foi, aliás, o que ficou em pior lugar, sendo aquele que necessita de realizar o maior aumento de capital: 13,3 mil milhões de euros. O Bank of Ireland precisa de 5,2 mil milhões de euros, o Irish Life necessita de quatro mil milhões de euros e o EBS terá que realizar um aumento de capital de 1,5 mil milhões de euros.

O Governo liderado por Enda Kenny já detém a maioria do capital do Allied Irish Banks e do EBS, juntamente com o Anglo Irish Bank.

Para resgatar a Irlanda, a União Europeia e o FMI já gastaram 85 mil milhões de euros.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.