Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Grupo estrangeiro interessado em assegurar abertura da base aérea de Monte Real ao tráfego civil

O presidente da Câmara Municipal de Leiria, Raul Castro, disse hoje à agência Lusa que há um grupo empresarial estrangeiro interessado na abertura ao tráfego civil da base aérea de Monte Real.

“Neste momento, poderei adiantar que há um grupo estrangeiro interessado nesta solução”, declarou Raul Castro, que se escusou a adiantar mais pormenores, com exceção de que se trata de um grupo da América do Sul com “experiência” e “participações acionistas em muitas empresas de aviação”.

O autarca ressalvou que não está “a afirmar de uma forma categórica que isto já está assumido, mas há a possibilidade de vir a ser uma realidade, desde que salvaguardadas todas as condições, quer aquelas que o Governo entender pôr, quer também aquelas que os investidores vejam como que sejam possíveis de concretizar, atendendo, portanto, aos seus interesses específicos”.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.