Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Henrique Neto defende que Cavaco só deve aceitar demissão do Governo depois do Conselho Europeu

O histórico do PS aconselhou hoje o Presidente da República a não aceitar a demissão do Governo caso o primeiro-ministre a apresente, mantendo os poderes do primeiro-ministro intactos durante a Conselho Europeu.

“Se eu fosse Presidente da República, não hesitaria hoje quando o primeiro-ministro lá me chegasse com a carta de demissão e dizia-lhe ‘não senhor, não aceito. Daqui a um mês, 45 dias ou 80 dias aceito, neste momento não”, defendeu Henrique Neto em declarações à Lusa.

“O país não resiste a estar sem Governo num momento em que se vai tratar” de “clarificar a situação política e financeira” de Portugal na União Europeia, sublinhou o socialista.

Embora admita ter dúvidas de que Cavaco Silva tome essa atitude “porque ele não é propriamente uma pessoa muito corajosa nestas circunstâncias”, Henrique Neto recomenda que não convoque de imediato eleições caso o Governo se demita hoje na sequência do “chumbo” do Programa de Estabilidade e Cfrescimento (PEC) IV.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.