Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Moçambique: usados vendem-se sete mais do que carros novos

Em cada carro novo comprado em Moçambique, 7,2 carros usados também são comprados, «um rácio sem paralelo», que concorre para a alta sinistralidade rodoviária no país, segundo a Toyota de Moçambique, a maior revendedora de automóveis do país.

Falando em conferência de imprensa de balanço das actividades da Toyota de Moçambique, uma empresa do grupo português Entreposto, o presidente, Nuno de Sousa, considerou o rácio entre carros novos e carros usados em Moçambique «como muito desequilibrado e sem paralelo na África Austral».

«A maior opção do mercado moçambicano pelos carros de segunda mão devia receber uma maior atenção por parte de todos, até pela ligação que este fenómeno tem com a alta sinistralidade rodoviária no país», enfatizou Nuno de Sousa.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.