Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Europac conclui investimentos 175 M€ na privatização Gescartão

O grupo papeleiro espanhol Europac, proprietário de diversos activos industriais em Portugal, incluindo a Portucel Embalagem, em Leiria, disse hoje que já concluiu a totalidade dos investimentos acordados com o Governo na privatização de 65% da Gescartão, que totalizaram 175 milhões de euros.

O grupo diz, em comunicado, que os ministérios da Economia e das Finanças emitiram, a 23 de Dezembro, um despacho que certifica o cumprimento das suas obrigações.

A Europac refere que “a maior parte dos investimentos foram realizados na fábrica de papel de Viana do Castelo” e acrescenta que a comissão executiva vai propor ao conselho de administração a distribuição de um dividendo este ano.

“A proposta de distribuição do dividendo, após um ano sem qualquer dividendo distribuído, é sustentada no cumprimento dos objectivos delineados no Plano Estratégico dentro dos prazos previstos e pela melhoria da actividade económica em 2010, bem como na prossecução dos investimentos previstos no mesmo plano”, justifica o grupo.

No final do terceiro trimestre de 2010, as vendas da Europac aumentaram 39% os resultados brutos de exploração cifraram-se em 66 milhões de euros, três vezes mais que em igual período do ano anterior.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.