Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Fatura vai ser obrigatória em todos os setores da atividade

A apresentação de uma fatura vai passar a ser obrigatória em todos os setores de atividade, «não só entre empresas, como também junto dos consumidores finais», determina a Iniciativa para a Competitividade e o Emprego, hoje aprovada em Conselho de Ministros.

Segundo o documento, disponível na página do Governo na internet, o objetivo é «valorizar a faturação enquanto forma de combate à fraude e à evasão fiscal, através da criação de um método que promova a certificação dos vários sistemas de faturação do setor de atividade, e da adoção da fatura obrigatória em todos os sectores de actividade, não só entre empresas, como também junto dos consumidores finais».

Entre as medidas aprovadas hoje no Conselho de Ministros, destaque também para o objetivo de «reforçar a fiscalização das cadeias de subcontratação, de faturação e de externalização de serviços, tendo em especial atenção as fugas ao Imposto sobre o Valor Acrescentado».

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.