Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Xinhua retrata Portugal como «moderadamente desenvolvido»

Portugal é “um dos países mais antigos da Europa”, “moderadamente desenvolvido” e que tem no turismo “uma das suas principais fontes de divisas externas”, segundo a descrição difundida hoje pela agência noticiosa oficial chinesa Xinhua (Nova China).

Devido à paisagem e aos seus 800 quilómetros de costa, Portugal recebeu, nos últimos anos, “mais turistas do que a sua própria população” e as receitas anuais do setor (6000 milhões de euros) “compensaram grandemente o défice comercial do país”, indicou a Xinhua.

Nos “factos fundamentais” sobre Portugal, compilados a propósito da visita do Presidente chinês, Hu Jintao, no próximo fim de semana, a Xinhua define os têxteis, calçado e vinho como os outros “pilares da economia portuguesa”.

Trata-se também de um país responsável por “metade da produção mundial de cortiça”, “rico em recursos minerais (entre os quais cobre, pirites e urânio)” e que “foi um dos fundadores da zona euro”.

No domínio da História, a Xinhua refere que “nos séculos XV e XVI, Portugal estabeleceu muitas colónias em África, Ásia e América”, mas não menciona Macau, e diz que “entre 1580 e 1640 o país foi governado pelo monarca que ocupava o trono de Espanha”.

Já no século XX, Portugal esteve submetido a uma “ditadura fascista” até 1974, quando “um golpe de Estado sem sangue derrubou o regime de ultra-direita e conduziu o país a uma democracia moderna e à independência das últimas colónias em África”.

Hu Jintao é esperado em Lisboa no sábado, depois de uma visita de dois dias a França.

Será o primeiro Presidente chinês a visitar Portugal em 11 anos.

Além do homólogo português, Aníbal Cavaco Silva, o chefe de Estado chinês vai encontrar-se com o presidente da Assembleia da República, Jaime Gama, e com o primeiro-ministro, José Sócrates.

A visita, de dois dias, ficará marcada por vários “acordos” e “contratos de investimento”, nomeadamente na área do turismo, adiantou o embaixador de Portugal em Pequim, José Tadeu Soares.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.