Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

OCDE: Banca portuguesa é a segunda que mais recorre ao BCE

Os bancos portugueses são os que mais recorrem aos financiamentos dos bancos centrais a seguir aos gregos, tendo recebido, através deste mecanismo, mais de 8 por cento do total da liquidez, diz a OCDE no relatório Perspetivas Económicas.

No documento, hoje divulgado, constata-se que, no que diz respeito à «liquidez fornecida pelos bancos centrais em percentagem do total de ativos das instituições financeiras e monetárias», o valor de mais de 8 por cento para Portugal só é superado pela Grécia, com um valor acima dos 18 por cento.

O gráfico na página 43 do relatório hoje divulgado mostra bem o efeito da crise nas instituições financeiras, principalmente comparando a evolução entre dezembro de 2006 e agosto deste ano. Há quatro anos, a percentagem relativa a Portugal não chegava a 1 por cento, e a Alemanha e a Bélgica eram os únicos que passavam a barreira dos 3 por cento.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.