Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

TGV: CE alarga prazo para conclusão de projetos em Portugal

A Comissão Europeia (CE) decidiu hoje alargar o prazo para a conclusão dos projetos pan-europeus de alta velocidade que estão a enfrentar dificuldades devido à crise, entre os quais a terceira travessia do Tejo e a ligação de TGV Porto-Vigo.

O anúncio foi feito por ocasião da publicação da primeira avaliação intercalar de 92 projetos prioritários de infraestruturas das redes transeuropeias de transportes, que revelou que mais de metade deverão ficar concluídos na data prevista, mas outros estão muito atrasados.

Entre os projetos atrasados, Bruxelas decidiu fazer uma distinção entre aqueles que deixaram de ser «credíveis», retirando-lhes os fundos da EU — o que sucedeu a somente 5 projetos -, e os que continuam a ser, sendo-lhes concedidos, regra geral, mais dois anos, até 2015, para mostrarem que são viáveis.
Entre estes projetos “credíveis” mas que estão a sofrer atrasos encontram-se a terceira travessia do Tejo, e a secção transfronteiriça “Ponte de Lima-Vigo” do TGV “Porto-Vigo”.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.