Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Basileia: Toda a banca portuguesa cumpre com rácios de capital

Os analistas consideram que os prazos concedidos pelos reguladores para a aplicação das novas regras para a banca, com maiores exigências de capital, permitirão que os bancos portugueses, que já cumprem os rácios mínimos, se adaptem à nova realidade.

“Os novos requisitos têm um período de implementação bastante largo (até 2019 no total), pelo que os bancos terão tempo para progressivamente se ajustarem a esta nova realidade. Neste momento todos os bancos nacionais cumprem com os rácios mínimos”, realçou hoje à agência Lusa Carlos Peixoto, analista do Banco Português de Investimento (BPI).

Os reguladores financeiros mundiais aprovaram no domingo as novas regras para o setor bancário, com exigências de capital mais elevadas, que visam limitar o risco excessivo tomado pelas instituições no período que antecedeu à crise financeira.

Acordo é adequado para reforçar confiança, diz APB

A APB adiantou ainda à Lusa que o acordo sobre as novas regras para o setor bancário é «adequado para que os mercados reforcem a confiança no setor bancário».

«O Acordo sobre as Novas Regras para o Sector Bancário (Basileia III), ontem [domingo] estabelecido, é um acordo adequado para que os mercados reforcem a confiança no sector bancário», afirmou à Lusa fonte oficial da APB.

A fonte oficial da APB disse que «os prazos são suficientemente largos para que não criem uma pressão excessiva sobre os bancos que, no caso português, cumprem já basicamente estes critérios».

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.