Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Aprovado projecto Start-Up

A Comissão Directiva do Programa Operacional Regional do Centro aprovou recentemente o projecto Start-Up, uma iniciativa da Rede de Incubação e Empreendedorismo da Região Centro (RIERC). Esta rede envolve um conjunto de 14 instituições, das quais nove são parceiros formais deste projecto, e visa contribuir para que a região centro tenha as adequadas condições para o lançamento e desenvolvimento de empresas inovadoras, com forte dinâmica de ligação com o sistema científico e tecnológico, centrada na promoção do empreendedorismo numa lógica de rede.

As entidades envolvidas neste projecto estão a implementar um plano de acção estruturado em cinco eixos: o reforço da capacidade de gestão interna e serviços partilhados; a promoção do empreendedorismo; a cooperação com o sistema científico e tecnológico; o desenvolvimento empresarial e a internacionalização. Embora conte com o envolvimento de todos os membros da RIERC, este projecto envolve a participação formal das seguintes instituições:

AIRO – Centro Incubador das Caldas da Rainha
AIRV – Incubadora de Empresas da Associação Empresarial da Região de Viseu
BIOCANT PARK – Associação Beira Atlântico Parque
CEC/CIC – Conselho Empresarial do Centro/Câmara de Comércio e Indústria
IEFF – Incubadora de Empresas da Figueira da Foz
OPEN – Associação para Oportunidades Específicas de Negócio
TAGUSVALLEY – Incubadora de empresas do Tecnopolo do Vale do Tejo
WINCENTRO – Agência de Desenvolvimento Regional
WRC – Incubadora de Empresas do Curia Tecnoparque

O projecto Start-UP, iniciado em Janeiro de 2010 e com a duração de dois anos, é financiado no âmbito do Sistema de Apoio a Área de Acolhimento Empresarial e Logística e envolve um investimento elegível total de 1.915.320 euros.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.