Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Oeste: CNA critica burocracia e juros de subsídios

A Confederação Nacional da Agricultura disse hoje que a razão porque cerca de 70 por cento dos subsídios estatais ao Oeste estão por reclamar prende-se com a burocracia e com as altas taxas de juro cobradas pelos bancos.

«A comparticipação própria [os agricultores suportam 25 por cento] acabou por ser desencorajante porque os agricultores tiveram de recorrer à banca, pois estão descapitalizados», afirmou à Lusa João Dinis, membro da direção nacional da Confederação Nacional da Agricultura (CNA).

A banca não aceita financiar em muitos casos e noutros aceita mas a juros altíssimos, adiantou o responsável, defendendo que esta é a «principal» razão porque apenas 33 por cento das ajudas aprovadas pelo governo aos agricultores do Oeste foram até agora solicitadas ao ministério da Agricultura.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.