Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Crise orçamental: Grécia passa inspecção do FMI, UE e BCE

A Grécia está a fazer progressos na implementação das medidas de austeridade acordadas no plano de resgate financiado pela União Europeia (UE) e o Fundo Monetário Internacional (FMI), indicaram os responsáveis da missão de inspecção que esteve cerca de duas semanas a avaliar as medidas de consolidação que condicionam uma ajuda financeira de 110 mil milhões de euros.

Num comunicado conjunto, que sintetiza avaliação da troyka UE, FMI e BCE, refere-se que o governo grego assumiu o arranque do plano de austeridade de forma vigorosa.

Segundo declarações de Servaas Derosee, representante da Comissão Europeia na missão de inspecção, a Grécia mostra uma evolução «significativa» no quadro das reformas e medidas de austeridade, cujo montante ascende a cerca de 14% do Pib grego.

Por seu lado, Poul Thomsen, chefe da missão do FMI nesta acção de inspecção à Grécia, sublinhou os «grandes progressos» feitos na implementação das reformas e medidas de austeridade para redução do défice grego.

Segundo Thomsen, que falava numa conferência de imprensa em Atenas no termo dos trabalhos com o governo grego, a Grécia estará em condições de receber a segunda tranche da ajuda (cerca de 9 000 milhões de euros), prevista para ser desembolsada em meados de Setembro (pelo FMI e a UE).
A ajuda financeira à Grécia está repartida entre a UE e o FMI, prevendo-se um auxílio de até 110 mil milhões de euros, em desembolsos parcelares durante três anos.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.