Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Grupo Lena foca-se na construção, ambiente e energia

O Grupo Lena está a implementar um processo de reorganização em função do diagnóstico realizado e de uma reorientação estratégica. Em causa está a focalização nas actividades de construção e do ambiente e energia, considerado o vector essencial da estratégia definida. Estes dois sectores deverão passar a ter um peso de 90% no volume de negócios global do Grupo que, em 2014, deverá superar os mil milhões de euros, revela a empresa em comunicado.

«A consolidação e crescimento projectados estão assentes numa grande dinâmica de internacionalização, que será responsável por 40% da actividade, e num processo de consolidação de competências de engenharia e de I&D capazes de diferenciar o Grupo em Portugal e nos mercados onde estamos e estaremos presentes», adianta o Grupo.

Para dar resposta a estes desafios a Administração do Grupo Lena, representada pelo seu presidente, António Barroca e vice-presidente, Joaquim Rodrigues, entendeu nomear um novo CEO, CFO e uma nova Comissão Executiva.

O novo CEO, Joaquim Paulo Conceição e CFO, Paulo Miguel Reis, vão liderar o processo de adaptação da estrutura do Grupo à nova estratégia, implicando esta uma redução no número de empresas e de actividades desenvolvidas e uma maior eficiência nos negócios que vamos manter.

«Apesar dos elementos constantes no estudo preliminar realizado, não é possível quantificar com precisão, neste momento a dimensão dos cortes de estrutura, uma vez que dependem, por exemplo, da rotação de recursos humanos para áreas estratégicas. No entanto, este é um caminho sem retorno, no qual estamos empenhados, de forma a melhor consolidar o crescimento obtido até agora», adianta o comunicado.

Segundo a empresa, «os negócios contratualizados para os próximos anos, 1,5 mil milhões de euros, uma estratégia mais focalizada e um modelo de gestão mais eficaz continuarão a garantir a presença do Grupo Lena entre os maiores grupos económicos portugueses».

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.