Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Dívida pública italiana bate recorde em Abril

A dívida pública italiana, uma das mais elevadas do mundo, bateu um novo recorde em Abril, atingindo os 1.812 mil milhões de euros, anunciou hoje o Banco de Itália.

Este valor representa um aumento de 0,8% relativamente a Março (1.797 mil milhões de euros), afirma o banco central, sem indicar a percentagem do PIB (Produto Interno Bruto) a que corresponde a dívida italiana.

No ano passado a dívida pública chegou a 115,8% do PIB, e as previsões apontam para uma subida até aos 118,4% este ano.

O Banco de Itália adiantou ainda que as receitas fiscais caíram 1,8%, para 104,7 mil milhões de euros nos primeiros quatro meses do ano, comparativamente ao período homólogo de 2009.

Numa tentativa de sanear as finanças públicas e transmitir confiança aos mercados, o governo de centro-direita do primeiro-ministro Silvio Berlusconi aprovou, no mês passado, um pacote de austeridade para poupar 24,9 mil milhões de euros em 2011 e 2012.

As medidas deverão reduzir o défice dos actuais 5,3 para os 2,7% do PIB, segundo o governo italiano.

Ao contrário de Espanha, Portugal, Grécia e Irlanda, que tiveram de tomar medidas drásticas para pôr as contas públicas em ordem, a Itália conseguiu controlar o seu défice orçamental durante a crise.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.