Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

NERLEI: «Empresas de Leiria têm oportunidade real de internacionalização no Brasil»

Luís Sousa, membro da Direcção da NERLEI, que acompanhou a delegação de entidades de Leiria, numa visita à cidade brasileira de Maringá, no Estado de Paraná, afirmou ter constatado «uma grande vontade de todas as entidades brasileiras» para «facilitar relações comerciais efectivas e duradouras entre as empresas das regiões de Leiria e Maringá», refere a NERLEI no seu site.

Luís Sousa acrescenta ainda que «a distância não deve ser um factor inibidor» e recorda que «a previsão do crescimento da economia brasileira para 2010 é de 6%», destacando ainda o facto de «os empresários brasileiros quererem utilizar Portugal como porta de entrada na Europa».

A NERLEI e a ACILIS assinaram um protocolo com a ACIM (Associação Comercial e Empresarial de Maringá) com o objectivo das três entidades facilitarem relações comerciais efectivas e duradouras entre as empresas das regiões de Leiria e Maringá, no que diz respeito ao apoio à exportação de produtos portugueses para o mercado brasileiro.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.