Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

AIC e Tovil/Tosel intimadas a pagar dívida da Vitrocristal

A Associação Industrial de Cristalaria (AIC) e a Tovil/Tosel, empresa de Leiria, foram notificadas há uma semana pelo Tribunal da Marinha Grande para liquidarem uma dívida de um milhão de euros (mais juros) que a Vitrocristal contraiu durante a sua actividade junto da Caixa de Crédito Agrícola de Leiria, revela o Jornal de Leiria.

Sérgio Sousa, presidente da associação explica que «a AIC foi citada em processo para honrar a dívida, visto que era uma das entidades associadas», acrescentando que o assunto foi encaminhado para os serviços jurídicos da associação e que esta «não tem património para honrar a dívida» contraída pela Vitrocristal.

Já o responsável da Tovil/Tosel, José Maria Ferreira, diz que o Estado «levou o organismo [Vitrocristal] à falência» e lamenta que os vários alertas e processos que colocou em tribunal ao longo de vários anos não tenham resultado.

LE com Jornal de Leiria

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.