Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Formação & Ensino

IPL adere à Rede de Cidades Móveis

O Instituto Politécnico de Leiria é aderente fundador da Rede Portuguesa de Gestão da
Mobilidade – Cidades Móveis, desde o dia 13 de Abril, data em que subscreveu a Carta de Intenções de Adesão, em conjunto com outras entidades, refere em comunicado.

A Rede Portuguesa de Gestão da Mobilidade tem como objectivo principal «a promoção da mobilidade sustentável e a diminuição da dependência do automóvel, através da alteração de atitudes e comportamentos dos cidadãos», explica. Integrará a Plataforma Europeia de Gestão da Mobilidade (EPOMM), a que Portugal se associou em 2009 e que se centra no Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres (IMTT).

O Instituto Politécnico de Leiria tem vindo a promover algumas iniciativas que visam promover a mobilidade sustentável entre a sua comunidade académica. Em causa estão acções de sensibilização como a promoção de Dias do Carpooling no Campus 2 em Leiria; disponibilização online de uma plataforma de gestão de Carpooling para o Campus 2; disponibilização de um sistema de bike-sharing automático com 12 bicicletas para utilização gratuita.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.