Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Carlos Moreira da Silva distinguido como «empreendedor do ano»

Carlos Moreira da Silva, presidente da BA Vidro, ganhou o premio “Ernst & Young Entrepreneur of The Year”, numa cerimónia realizada em Lisboa, refere o Jornal de Negócios.

Moreira da Silva foi distinguido pelo júri (presidido por Basílio Horta), pelo seu percurso enquanto accionista e presidente do conselho de administração da BA Glass, que nasceu como uma start up no universo Sonae e que em 2004 foi adquirida, na maioria do seu capital, por um conjunto de administradores e quadros superiores.

De acordo com o jornal, a distinção que distinguiu o patrão do grupo vidreiro, que detém uma fábrica na Marinha Grande, foi disputada por um conjunto de seis finalistas: Adelino da Silva Matos, presidente do grupo do sector metalomecânico A. Silva Matos, Purificação Tavares, directora do laboratório de genética CGC Genetics, Filipe Vila Nova, chairman da têxtil Salsa Jeans, os irmãos Sacoor, fundadores da marca Sacoor Brothers, e o trio Filipe e Marcel Botton e Alexandre Relvas, da Logoplaste.

LE com Jornal de Negócios

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.