Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Grupo Oeste Capital adquire Jornal das Caldas

O Grupo Oeste Capital, grupo empresarial ligado à comunicação social e à empresa MediOeste, adquiriu o Jornal das Caldas, refere em comunicado. O grupo pretende ver reforçada a actividade destas empresas na região Oeste, com base «na consolidação e nas sinergias resultantes destes dois órgãos de comunicação social», refere António Salvador, arquitecto e presidente do grupo Oeste Capital.

António Salvador refere ainda que pretende que a actividade empresarial do grupo a que preside «se expanda, directa ou indirectamente, a outras áreas estratégicas e complementares», tendo sempre por base «a identidade da Região Oeste».

Jaime Costa, jornalista, é o anterior proprietário e o gerente da empresa jornalística Caldas Editora, mantendo as suas funções e o cargo de director do Jornal das Caldas. Clara Bernardino, jornalista, é a actual gerente da Medioeste e a directora do jornal Região da Nazaré, e passará a ser a gestora executiva da empresa Caldas Editora e directora-geral do Jornal das Caldas.

O Grupo Oeste Capital inclui a MediOeste – Edições Multimédia, empresa jornalística que é proprietária do jornal regional Região da Nazaré -faz a cobertura dos concelhos da Nazaré, Alcobaça e zona Oeste – e adquiriu agora o jornal regional Região das Caldas, propriedade da empresa jornalística Caldas Editora, que faz a cobertura de Peniche, Bombarral, do Cadaval e Alcobaça.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.