Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Leiritrónica muda designação para Sonigate

Célia Marques

A Leiritrónica, empresa de Leiria especializada no comércio de componentes electrónicos, alterou o seu nome e imagem, passando a designar-se Sonigate Leiritrónica. O objectivo passa por dar à empresa «um nome que não tenha conotação com a situação geográfica da sua sede», factor que «em parte, inibia a nossa expansão a nível de toda a Península Ibérica», explicou ao Leiria Económica, José Marques, responsável da empresa.

A empresa com a designação Sonigate já existia antes e era propriedade das mesmas pessoas que a Leiritrónica, dedicando-se à actividade da revenda de materiais de áudio profissional. Com esta fusão, as duas empresas somaram os seus stocks que passam a totalizar cerca de 1,82 milhões de euros, adianta ainda o responsável.

«A estratégia para este e próximo ano prevê a adição de novas marcas e uma aposta muito forte nas vendas por Internet. Para isso já implementámos um novo site, que pensamos ser totalmente original na nossa área de negócios», e que soma «ao conceito de negócio da Sonigate (Leiritrónica), que é único na Europa», salienta José Marques.

«É também essa “mais-valia” que vamos, eventualmente, tentar explorar a mais longo prazo, o que pode passar por colunar o nosso negócio noutras cidades da Europa», conclui.

A Sonigate conta com 38 colaboradores e deverá facturar, em 2010, cerca de 8,15 milhões de euros.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.