Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

José António Barros: fusão entre AEP e AIP está para breve

O presidente da Associação Empresarial de Portugal (AEP) destacou hoje a «crescente articulação e entendimento» com a congénere Associação Industrial Portuguesa (AIP) e garantiu que a fusão entre ambas na Confederação Empresarial de Portugal (CEP) acontecerá «proximamente».

Falando na sessão de apresentação dos resultados da campanha ‘Portugal. A minha Primeira Escolha’, que hoje decorreu em Santa Maria da Feira com a presença do primeiro ministro e do ministro da Economia, José António Barros considerou que este é um «passo decisivo e determinante da necessária reestruturação do movimento associativo empresarial».

A este propósito, Barros apelou que «este entendimento» entre as duas associações possa «ser exemplo da necessária união de todos os portugueses, representantes da sociedade civil, empresários, trabalhadores, partidos políticos e Governo» para se ultrapassar, «com dignidade e respeito da comunidade internacional», os atuais problemas e desafios, voltando a «afirmar» o país «na União Europeia e no mundo».

Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.