Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Valorlis premiada

A Valorlis recebeu, por unanimidade do júri, o «Prémio qualidade de serviço em águas e resíduos 2009», na categoria «Qualidade de serviço de gestão de resíduos sólidos urbanos, prestado aos utilizadores». O prémio foi entregue dia 4 de Novembro, no âmbito do evento ExpoÁgua, revela a empresa em comunicado.

A distinção agora atribuída à Valorlis é justificada «pelo relevante desempenho global da entidade gestora na gestão do sistema multimunicipal de valorização e tratamento de resíduos urbanos da Alta Estremadura», adianta a empresa.

O prémio salienta «o esforço colocado ao nível da reciclagem, da recuperação de biogás e da caracterização dos resíduos, a complementar com a construção em curso da unidade de valorização orgânica de resíduos urbanos (CVO)». Refere ainda a obtenção da certificação de Qualidade (ISSO 9001), Ambiente (ISSO 14001) e de Saúde e Segurança no Trabalho (OHSAS 18001).

«Ao longo dos 12 anos de existência da Valorlis, fomos sempre pioneiros na utilização das melhores técnicas disponíveis para o tratamento de resíduos. Conscientes que todo este processo necessitava do envolvimento e participação activa da população, apostámos fortemente em campanhas de sensibilização direccionadas a crianças e adultos, que se traduzem nos bons resultados alcançados», salienta Miguel Aranda da Silva, administrador-delegado da Valorlis.

Os «Prémios de Qualidade de Serviço em Águas e Resíduos», que são atribuídos pelo segundo ano consecutivo, surgem de uma parceria entre o Jornal Água & Ambiente e o Instituto Regulador de Águas e Resíduos (IRAR). O objectivo é contribuir para a melhoria da qualidade dos serviços de abastecimento público de água saneamento de águas residuais urbanas e gestão de resíduos sólidos urbanos.

São automaticamente elegíveis para esta distinção todas as entidades prestadoras de serviços de abastecimento público de água, de saneamento de águas residuais urbanas e de gestão de resíduos sólidos urbanos, reguladas pelo IRAR, e que tenham sido objecto de avaliação da qualidade do serviço. Podem ainda candidatar-se outras entidades que operem em território nacional, com pelo menos um ano económico de actividade, mas que não sejam objecto de regulação pelo IRAR.

Além da referida parceria, a iniciativa conta ainda com a colaboração da Associação Portuguesa da Distribuição e Drenagem de Águas, da Associação Portuguesa de Engenharia Sanitária e Ambiental, da Associação Portuguesa dos Recursos Hídricos e do Laboratório Nacional de Engenharia Civil. O júri é composto por representantes de todas estas entidades.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.