Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Eléctricos e híbridos substituem bólides no Tokyo Motor Show

Eléctricos ou híbridos, os veículos limpos e silenciosos substituíram os bólides ensurdecedores no salão automóvel Tokyo Motor Show mostrando que, para o consumidor, o automóvel volta a ser um simples meio de transporte, mais que um sinal de riqueza.

No grande encontro automóvel que decorre no Japão desde quarta-feira as viaturas que respeitam o ambiente são as rainhas, segundo descreve a agência France Press.

As tipologias 4×4 são relegadas para segundo plano, e os fabricantes europeus dos vistosos automóveis desportivos, que costumavam ter muito êxito no mercado nipónico, desapareceram praticamente do salão.
Esta transformação do Tokyo Motor Show ilustra, de acordo com os especialistas, a revolução em curso do mercado automóvel japonês e mundial.

«O conceito de automóvel está a modificar-se», explica o analista independente Tatsuya Mizuno, referindo que se até agora o automóvel era visto como um símbolo de status social, hoje «as pessoas compram um carro mais para se mover, e já não pelo seu design ou velocidade».

Uma mutação acelerada com a crise económica e com a ajuda de uma geração de condutores muito mais conscientes dos problemas ambientais.

Entre os veículos amigos do ambiente, no salão nipónico há duas escolas que se demarcam: a dos automóveis eléctricos, com a Nissan e a Mitsubishi Motors, e a dos híbridos, com a Toyota e a Honda.
«O automóvel eléctrico é o veículo ecológico na sua perfeição», sublinha o presidente executivo da Mitsubishi Motors, Osamu Masuko.

A Nissan, que estima que as viaturas eléctricas representem 10% do mercado mundial em 2020, lançará no próximo ano o modelo Leaf, apresentado pelo presidente-executivo Carlos Ghosn como «o primeiro automóvel com zero emissões poluentes no mundo».

A Toyota, por seu turno, tem apostado fortemente nas viaturas híbridas – foi a primeira marca a lançar esta classe de veículos há 12 anos, com o Prius – e expõe nesta feira um modelo que possibilita o recarregamento da bateria em casa, bem como o modelo de luxo híbrido SAI.

Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.