Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Carro eléctrico Bluecar à venda até ao Verão

As primeiras entregas do Bluecar, a viatura eléctrica produzida pelo grupo francês Bolloré e pelo italiano Pininfarina, podem acontecer «entre a Primavera e o Verão», anunciou hoje Vincent Bolloré, presidente do grupo francês.

«Pensamos que estaremos em condições de começar as entregas dos primeiros exemplares entre a Primavera e o Verão próximos», afirmou Bolloré na sede do grupo que dirige, em Puteaux, numa conferência de imprensa em que apresentou os resultados do primeiro semestre da companhia.

O Bluecar, que será construído em Turim, Itália, pela Pininfarma, deverá ser comercializado inicialmente em seis países europeus: Itália, França, Alemanha, Reino Unido, Espanha e Suíça, e depois também na América do Norte e na Ásia.

«A produção de baterias vai começar a nível industrial a 24 de Setembro nas nossas duas fábricas na Bretanha, França, e no Canadá», afirmou Bolloré, acrescentando que é ainda preciso testar as baterias e o seu funcionamento.

Foram registadas cerca de seis mil pré-reservas deste carro eléctrico, que será alugado por 330 euros mensais, com um contrato inicial mínimo de três meses.

«Neste sector, o ecossistema é muito organizado: hoje em dia, toda a gente quer viaturas eléctricas, o que é uma mudança importante em comparação com (o que se verificava) há uns anos», considerou ainda Bolloré.

«Resta uma questão: será que a bateria em que estamos a trabalhar é superior às outras?», interrogou o presidente do grupo Bolloré, considerando também que, em termos de segurança, a sua bateria tem «vantagens», uma vez que «não aquece tanto».

Estima-se que o Bluecar tenha uma autonomia de 250 quilómetros.

Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.