Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Responsabilidade Social Empresarial

Empresas da Lena Turismo e Serviços apresentam iniciativa de responsabilidade social

As empresas Equicomplex, Equiflow, Liz On-Line e Publicenso, pertencentes à holding Lena Turismo e Serviços SGPS, apresentaram, dia 28 de Julho, a sua iniciativa de responsabilidade social 2009: a impressão, em Braille, do boletim informativo Okzigénio, comum às quatro empresas, revelam em comunicado.

Durante a cerimónia foi ainda assinado um protocolo com o CRID – Centro de Recursos para a Inclusão Digital, da Escola Superior de Educação e Ciências Sociais, «tendo em vista tornar acessível a comunicação institucional periódica destas empresas, junto de uma população que frequentemente é esquecida, as pessoas com deficiência visual», adianta.

Segundo Carlos Conceição, administrador da Lena Turismo e Serviços, este projecto será agora alargado a outros instrumentos de comunicação corporativa das empresas, nomeadamente brochuras institucionais e catálogos, sendo que os cartões-de-visita já têm tradução para Braille há alguns anos.

«Para nós a SER é uma forma de estar», explicou Carlos Conceição, recordando outros projectos de responsabilidade social empresarial realizados nos últimos anos e que envolveram instituições como a APPC – Leiria, ASAE – Associação de Surdos da Alta Estremadura ou APCL – Associação Portuguesa Contra a Leucemia.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.