Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

AICEP e Banco Popular lançam linha apoio de 150 milhões para PME

A AICEP e o Banco Popular assinaram ontem um protocolo que visa apoiar o processo de internacionalização das PME portuguesas, através de uma linha de 150 milhões de euros, por um período de três anos, com condições especiais de financiamento.

A cerimónia de assinatura do compromisso realizou-se em Lisboa, nas instalações da AICEP, tendo a Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) sido representada pelo seu presidente, Basílio Horta, e o Banco Popular Portugal pelo presidente do conselho de administração, Rui Semedo.

«Este protocolo prevê a realização de iniciativas conjuntas em vários domínios que promovam o aumento das exportações de bens e serviços de origem portuguesa, que fomentem o investimento empresarial e que reforcem a competitividade e a imagem das empresas portuguesas nos mercados externos», informam em comunicado as duas entidades.

Para tal a AICEP e o Banco Popular colaborarão na realização de «acções de capacitação empresarial e de informação às empresas, tendentes à promoção do conhecimento sobre os mercados externos, suas regras, modos de funcionamento e técnicas de exportação, bem como à divulgação de oportunidades de negócio e de investimento e dos instrumentos disponíveis de apoio à internacionalização das empresas».

A colaboração estabelecida no protocolo incluiu também a realização de acções de promoção da imagem de Portugal e das marcas, bens e serviços portugueses nos mercados externos, nomeadamente no quadro da participação em feiras internacionais de plataforma e outros eventos no exterior, de campanhas de mercado associadas a eventos-âncora e de outras acções de reposicionamento em mercados-alvo, segundo o comunicado.

As duas instituições comprometem-se ainda a mobilizar as empresas portuguesas, nomeadamente através de conferências, seminários, encontros sectoriais e outras sessões de divulgação e disseminação focadas na temática da internacionalização.

Os esforços serão ainda canalizados para «os instrumentos financeiros e produtos e serviços bancários a criar, incluindo linhas de financiamento especificamente destinadas à actividade internacional das empresas».

Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.