Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Turismo de Leiria-Fátima rejeita integração de Alcobaça e Nazaré no Pólo do Oeste

O Turismo de Leiria-Fátima (TLF) anunciou que rejeita a integração dos concelhos de Alcobaça e Nazaré no Turismo do Oeste, considerando que a eventual alteração do diploma legal retoma «a intenção de liquidar turisticamente» a região.

«Com grande evidência, existem os circuitos de visitação que incluem Fátima, Batalha, Alcobaça e Nazaré», refere um comunicado do TLF, realçando que o desmembramento do território da instituição contraria «os interesses regional e nacional na promoção de um produto turístico consolidado».

A nova lei das áreas regionais de turismo, de 10 de Abril de 2008, inclui no TLF os concelhos de Alcobaça, Batalha, Leiria, Marinha Grande, Nazaré, Ourém, Pombal e Porto de Mós.

Contudo, os municípios de Alcobaça, a 13 de Outubro, e Nazaré, a 03 de Novembro, deliberaram pedir ao Governo uma alteração legislativa de forma a passarem a integrar o Turismo do Oeste, do qual fazem parte os concelhos de Alenquer, Arruda dos Vinhos, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lourinhã, Óbidos, Peniche, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras.

Segundo o comunicado do TLF, «a maior parte dos empresários dos referidos municípios que trabalham no sector do turismo entende que o seu lugar natural é no Pólo de Leiria-Fátima».

A direcção do TLF aponta ainda a proximidade das eleições legislativas e autárquicas para justificar que «não faz qualquer sentido proceder a alterações” ao decreto-lei, acrescentando que “a iniciativa legislativa anunciada se vai traduzir em claros prejuízos para a região e para o país».

À Agência Lusa, o presidente do TLF, David Catarino, explicou que perante a iniciativa legislativa, em curso, a direcção «entendeu que não podia ficar calada», admitindo que a motivação para a mudança possa ter na génese «interesses político-partidários».

«Existe um circuito turístico consolidado, com Fátima, Batalha, Alcobaça e Nazaré», afirmou, questionando: «Teremos de procurar percursos alternativos?».

David Catarino defendeu ainda que este assunto deve ser objecto de «reflexão e decisão» após o próximo ciclo eleitoral, atendendo a que «responsáveis por estas decisões» podem não vir a ser reconduzidos nos respectivos cargos.

Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.