Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Europac adquire filiais do Grupo Mondi MP Atlantique e MP Savoie

A Europac (Papeles y Cartones de Europa, S.A.) – que detém a Portucel Embalagem, em Leiria – adquiriu 100% da Mondi Packaging Atlantique e da Mondi Packaging Savoie, duas filiais do Grupo Mondi que a partir de agora denominar-se-ão Europac Cartonnerie Atlantique (ECA) e Europac Cartonnerie Savoie (ECS), revela em comunicado.

O grupo papeleiro apresentou uma oferta de compra por um valor empresa de 41,7 milhões de euros que se comunicou à CNMV no passado dia 15 de Abril e, de acordo com a normativa francesa, a operação estava subordinada à aprovação das autoridades francesas da concorrência, o que se efectivou no dia 2 de Junho último.

O Ebitda conjunto destas companhias em 2008 foi de 8,7 milhões. A partir da incorporação de ambas as sociedades a estrutura do Grupo Europac gerará uma poupança de custos de 2 milhões de euros, o que se traduzirá num Ebitda conjunto ajustado em 2008 de 10,7 milhões de euros.

A actividade da EPA e da EPE é a produção de cartão em pranchas e caixas, com uma produção total em 2008 de 198 milhões de metros quadrados, o que pressupõe aumentar em 50% as vendas em unidades da divisão de cartão do grupo. Para além disso, a localização destas fábricas e da Europac Cartonnerie de Rouen, permite abarcar uma extensão geográfica em que se encontram algumas das principais áreas industriais e agrícolas de França.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.