Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Brasil destina 40,3 mil milhões de euros para agricultura

O Presidente brasileiro Lula da Silva lançou, em Londrina, no Paraná, o Plano Agrícola e Pecuário 2009/2010, avaliado em 107,5 mil milhões de reais (40,3 mil milhões de euros). O valor representa 37% a mais de recursos para o campo em relação ao ano passado.

O Governo destinará 92,5 mil milhões de reais (34,7 mil milhões de euros) para a agricultura comercial e 15 mil milhões de reais (5,6 mil milhões de euros) para a familiar.

De acordo com o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Reinhold Stephanes, a atribuição das verbas este ano terá um controlo maior para garantir que os recursos cheguem efectivamente aos produtores.

Stephanes admitiu que parte do valor destinado no plano do ano passado não chegou aos agricultores.
O enfoque deste ano será o incentivo ao médio produtor rural, ao cooperativismo e à produção agropecuária sustentável.

Na avaliação do Governo, a agropecuária é um dos sectores que mais contribui para o Brasil sair da crise económica mundial.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.