Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Vigolarte lança arrendamento com opção de compra

Habitar já e concretizar a compra daqui a dois anos é a nova solução disponível no empreendimento Hill Side, situado na Quinta do Taborda, junto à Variante Sul através da campanha de arrendamento com opção de compra que a Vigolarte acaba de lançar para as últimas fracções disponíveis, revela em comunicado.

Estão disponíveis para arrendamento, com opção de compra 18 os apartamentos, dois de tipologia T2, seis T4 e 10 apartamentos T3, cujo valor das rendas varia entre os 500 euros (T2) e os 700 euros (T4). Os apartamentos estão prontos a habitar, estando as cozinhas equipadas com placa, caldeira, frigorífico combinado e exaustor.

O arrendamento com opção de compra é, assim, uma «excelente oportunidade para comprar no Hill Side, já que as rendas são abatidas no valor da habitação no momento da concretização da compra», defende Edgar Simões, administrador da Vigolarte.

O responsável destaca que, para além das vantagens fiscais, como o pagamento de menos IMT, já que o valor da escritura será o valor inicial menos o total das rendas pagas, há um menor investimento inicial, uma vez que o cliente não tem de suportar nesta fase os encargos normais com a aquisição da habitação, relativos a escrituras, IMT, encargos que podem chegar aos 5.000 euros.

O contrato de arrendamento com opção de compra tem a duração de um contrato normal de arrendamento – cinco anos – sendo que a decisão de compra tem de ser tomada até ao final do segundo ano do contrato de arrendamento. Caso opte por não comprar, cumpre-se o contrato do arrendamento. Quanto às rendas, e se o cliente optar pela compra, o valor pago durante o primeiro ano é integralmente deduzido no valor da habitação, as do segundo ano são deduzidas em 70%. O processo carece de pré-aprovação por parte do promotor, a Vigolarte.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.