Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

F. Ferreira da Silva lança marca própria em Itália

A Ferreira da Silva, empresa de iluminação decorativa da Marinha Grande, marcou presença, pela terceira vez consecutiva, na feira internacional de iluminação, Euroluce 2009, o mais conceituado certame mundial da área, onde lançou a nova marca própria – Villa Lumi – «uma insígnia que se caracteriza pela conjugação dos estilos clássico e moderno, numa simbiose perfeita, mantendo o seu cunho baseado na tradição, associado ao design contemporâneo», revela em comunicado.

Durante a feira, que decorreu entre 22 e 27 de Abril, em Milão, a Villa Lumi apresentou «criações elegantes, inovadoras, sustentadas nas tendências decorativas para o corrente ano, utilizando como matérias-primas de excelência o latão, o vidro e o cristal, seguindo a linha produtiva da empresa, defendendo o know-how e a arte adquiridas durante décadas», adianta.

Em simultâneo com a Euroluce, decorreu também nas instalações da Fiera Milano o certame I Saloni Internazional del Mobile, onde a marca Villa Lumi se fez representar no stand Associative Design, que reuniu um conjunto de marcas de mobiliário portuguesas de alta gama.

A Villa Lumi «acredita no sucesso do evento, baseado no trabalho de folow up dos contactos efectuados, expandindo os seus negócios para uma fileira de países com os quais ainda não trabalha», conclui.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.