Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Alcobaça reduz preço dos lotes industriais para metade

A câmara municipal de Alcobaça reduziu de 42,5 euros para 21,25 euros o metro quadrado dos lotes industriais, na zona industrial do Casal da Areia, de forma a atrair investidores, revela a Lusa.

Segundo Gonçalves Sapinho, presidente da câmara de Alcobaça, «o objectivo passa por dar melhores oportunidades a quem queira investir no concelho.

A autarquia aprovou ainda isenção do pagamento das taxas de licenciamento industrial e licenciamento de estabelecimentos comerciais até 250 metros quadrados.

Gonçalves Sapinho adiantou ainda que a «isenção de pagamento de taxas estende-se ao« licenciamento de obras de construção e remodelação nos centros históricos, contemplando, inclusivamente, a ocupação da via pública, de forma a favorecer a dinamização dos principais núcleos urbanos».

A autarquia decidiu também reduzir o preço da água em 4% no segundo escalão, para clientes industriais,
na sequência do pedido e recomendação dos industriais do sector da cerâmica.

«A água não tem o peso do gás natural, mas é um factor de produção muito importante na indústria cerâmica», referiu o presidente do município.

LE com Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.