Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Hospital Santo André quer estacionamento pago

O hospital Santo André em Leiria, quer acabar com os problemas de estacionamento que se tem vindo a sentir no parque da instituição. A solução passa por instalar um sistema de estacionamento pago. Para avançar com esta medida, o hospital lançou um concurso com o objectivo de receber propostas para o sistema de exploração dos parques de estacionamento do hospital, revela em comunicado.

Em simultâneo, o hospital assinou um protocolo com o Instituto Politécnico de Leiria (IPL) para a realização de um estudo sobre o estacionamento e a circulação rodoviária no hospital. Os resultados servirão para interpretar as propostas que sejam apresentadas pelos concorrentes.

O objectivo do estacionamento pago é acabar problemas constantes e dificuldades permanentes de estacionamento dos utentes. Estas situações devem-se, acima de tudo, «à utilização indevida dos parques, que causam o esgotamento dos lugares e o estrangulamento da circulação», explica.

Helder Roque, presidente do conselho de administração do HSA, esclarece que «o hospital de Leiria tem, actualmente, cerca de mil lugares de estacionamento. Este número, superior à grande maioria dos hospitais no nosso país, foi conseguido graças a algumas obras que foram feitas ao longo dos últimos anos, e que possibilitaram a criação de novos lugares, reaproveitando espaços que já existiam. Não obstante esta dimensão, os problemas de estacionamento têm persistido», salienta Helder Roque.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.