Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

FMI insta governos a limpar sistema bancário

Os governos de todo mundo devem fazer um esforço coordenado «urgente e determinado» sobre o sector financeiro para inverter a derrapagem da indústria e do comércio internacional, instou o director-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI).

Falando domingo numa conferência de imprensa, em Kuala Lumpur (Malásia), Dominique Srauss-Kahn, director-geral do FMI, disse, pela primeira vez, que as economias avançadas (EUA, Europa Ocidental e Japão) já se encontram numa «depressão».

Quanto a uma nova revisão (em baixa) nas projecções económicas do FMI, Strauss Khan, afirmou que «não e excluir o pior».

Para inverter o actual cenário de quebra no comércio e na actividade industrial, o responsável do FMI exortou a uma actuação coordenada urgente dos governos para «limpar» o sistema bancário, reestruturar o sector financeiro e reanimar a economia.

No domingo, Lawrence Summers, conselheiro económico do presidente do EUA, anunciou que a apresentação do novo plano de ajuda ao sector bancário preparado pela administração de Obama apenas será apresentado na terça-feira.

Este novo pacote parao sector bancário tem vindo a ser adiado dia após dia, por dificuldades de consenso no Congresso dos Estados Unidos.

Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.