Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Automóvel: construtoras têm esperança nos híbridos e eléctricos

Os veículos eléctricos e híbridos continuam a suscitar grande esperança para relançar um mercado automóvel em grave crise e, no Salão Automóvel de Detroit, as construtoras multiplicam os anúncios dos novos modelos com que pretendem seduzir os consumidores.

Os carros eléctricos são o grande destaque da edição 2009 do Salão Automóvel de Detroit, nos Estados Unidos, com as grandes construtoras como a Daimler, Ford, Toyota, General Motors ou os novatos chineses BYD, a apresentarem diversos protótipos e projectos, que estão previstos chegar ao mercado entre 2011 e 2012.

Entre as preocupações das construtoras estão os preços dos combustíveis, que a longo termo deverão valorizar apesar das recentes quedas nas cotações, e as emissões de gases nocivos para o ambiente.

«A tecnologia está hoje disponível para produção em série» de veículos eléctricos, assegurou Thomas Weber, responsável das questões tecnológicas do Conselho de Administração do grupo alemão Daimler, que apresentou um protótipo deste tipo chamado Bluezero, movido a bateria com capacidade para percorrer 200 quilómetros.

O responsável considera no entanto que a produção em massa destes veículos não deverá começar antes de «alguns anos», devido à necessidade de se conseguir um «preço atractivo» para o grande público e de criar as infra-estruturas públicas para uma rede de estações de recarga que estejam disponíveis aos condutores.

A norte-americana Ford pretende também lançar em 2011 um pequeno veículo eléctrico, desenvolvido em conjunto com a canadiana Magna. A construtora anunciou no seu expositor um novo programa de desenvolvimento de veículos eléctricos e híbridos durante os próximos quatro anos, na América do Norte.

Na evolução para modelos mais eficientes e com menos emissões de CO2, «os híbridos recarregáveis e as viaturas alimentadas por baterias são as próximas etapas lógicas», afirmou Derrick Kuzak, vice-presidente da Ford.

A norte-americana General Motors apresentou a última versão do seu modelo eléctrico, o Chevrolet Volt, com o seu vice-presidente Bob Lutz a considerar que o mercado dos veículos eléctricos ou híbridos poderá crescer entre 20 e 25 por cento até 2020.

A renovação da frota para veículos energeticamente mais eficientes e menos poluidores é parte das condições do empréstimo concedido pela administração norte-americana às construtoras automóveis General Motors e Chrysler.

Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.