Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Empresas de transportes vão pagar IVA no momento da recepção

O Governo aprovou hoje uma proposta de lei que possibilita que as empresas transportadoras de mercadorias entreguem o IVA ao Estado apenas no momento do pagamento das facturas dos serviços prestados, revela a agência Lusa.

«Estabelece-se a possibilidade da entrega do IVA ao Estado apenas ser exigível no momento do pagamento das facturas relativas à prestação dos serviços», refere o comunicado do Conselho de Ministros.

A proposta de Lei aprovada hoje, que será submetida à Assembleia da República, estabelece também que «a dedução do IVA por parte das empresas que sejam destinatárias dos serviços também só pode ocorrer no momento em que procedam ao pagamento dos mesmos».

Esta medida, conhecida como regime especial de exigibilidade do IVA, faz parte do «Pacote de Medidas de Apoio ao Transporte Profissional de Mercadorias», acordado em Junho entre o Governo e as duas associações que representam o sector, na sequência da greve dos camionistas que paralisou as vias de abastecimento do país.

Lusa

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.