Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Plano de estímulo económico de Bruxelas ascende a 200 mil milhões de euros

A Comissão Europeia (CE) anunciou hoje um pacote de estimulo económico no valor de 200 mil milhões de euros, valor que representa 1,5% do Produto Interno Bruto (PIB) comunitário. Segundo a edição de hoje do Diário Económico, 170 mil milhões de euros serão suportados pelos Estados-membros, enquanto os restantes 30 mil milhões sairão do orçamento comunitário e da possibilidade de um aumento dos empréstimos do Banco Europeu de Investimentos.

«Segundo a versão preliminar do plano que é hoje apresentado, os Estados-membros deverão aplicar os 200 mil milhões de euros no aumento da despesa publica para as famílias mais afectadas, nomeadamente no prolongamento dos subsídios de desemprego ou aumento dos subsídios para famílias de baixos rendimentos, assim como em reduções temporárias de impostos indirectos, como o IVA, e em garantias e bonificações aos empréstimos para compensar os elevados prémios de risco. Além disso, o plano prevê incentivos financeiros para o ambiente», explica o jornal.

LE com Diário Económico

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.