Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Assistência informática na hora nasce no IPL

(Artigo publicado na revista Jovens Empresários, editada pelo Jornal de Leiria e distribuída com a edição de 22 de Maio de 2008 daquele semanário)

Quatro amigos avançaram com a ideia de criar o próprio negócio, prestando um serviço informático inovador. Fundaram uma empresa de assistência e consultoria na área da informática que se diferencia por prestar serviços ao domicílio, 24 sobre 24 horas.

De uma conversa de café, entre quatro amigos, surgiu a ideia de criarem juntos um negócio. A BitXPress tornou-se realidade e os quatro jovens, com idades entre os 24 e os 27 anos, são, desde Janeiro, parceiros de negócio.

«Tínhamos uma ideia, uma oportunidade de negócio, quisemos implementá-la, falámos entre amigos e avançámos, porque todos partilhávamos da mesma vontade», explica Romeu Paz, um dos sócios. A etapa seguinte passou pela construção do plano de negócio, e viria a revelar-se «a fase mais difícil», resultado do primeiro contacto com aquela realidade, desabafa o sócio, relembrando «seis meses de muito trabalho». O esforço acabou por ser compensado: os jovens candidataram o projecto à incubadora de empresas do Instituto Politécnico de Leiria e receberam uma resposta positiva.

Acertados os procedimentos de constituição da empresa, dois dos sócios frequentaram o curso de Empreendedorismo, da Associação Nacional de Jovens Empresários (ANJE), que se revelou «muito positivo», funcionando como «uma pré-análise do negócio», sublinha o sócio João Parreira.

Foi durante a permanência no curso de Engenharia Informática, da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Leiria, que sofreram algumas influências, por parte de professores, no que toca ao gosto por empreender. Mas a vontade de mudança foi a razão determinante.

Para os engenheiros informáticos, a burocracia e a construção do plano de negócios foram responsáveis pelas maiores dores de cabeça na fase inicial, mas a receptividade dos clientes e o aumento da procura motivam-nos agora a chegar mais longe. «Temos alguns projectos pensados para a região e o mercado internacional é um dos objectivos», explica Edgar Prata.

A meta da empresa de informática passa pela especialização em clientes particulares, preenchendo uma lacuna de mercado, uma vez que «não existem, na região, empresas a prestar este tipo de serviços ao domicílio», afiança um dos sócios.

A empresa fornece assistência informática ao domicílio 24 horas por dia, todos os dias do ano. Dos serviços principais da BitXPress, destacam-se a construção de páginas de Internet pessoais e empresariais em 24 horas, avenças mensais de assistência no local para empresas, e consultoria em aquisição de equipamentos e software informático.

A BitXPress apresenta múltiplas soluções e se não for resolvido o problema «o cliente não paga nada», comenta Romeu Paz. A resolução de problemas, como instalação e configuração de programas e hardware, instalação de periféricos, remoção de vírus, recuperação de dados em 24 horas, instalação e configuração da ligação à Internet, representam outros dos serviços prestados.

Na assistência ao domicílio, os preços variam entre os 25 e os 50 euros, e Edgar Pratas destaca a «qualidade do serviço» e a comodidade que representa para o cliente ter assistência «a qualquer hora, a um preço reduzido».

Outra preocupação da empresa passa pela recolha de material informático para reciclagem. «Pensamos restaurar computadores e oferecê-los a instituições de caridade», adianta Edgar Prata. Assim se empreende, também no feminino, «sem qualquer problema, até porque trabalho com três rapazes», finaliza Patrícia Lopes.

Edgar Pratas, Romeu Paz, Patrícia Lopes e João Parreira
27, 27, 24 e 24 anos
Licenciados e a frequentar o curso de Engenharia Informática, pela ESTG, IPL
Para dinamizar o empreendedorismo…
Menos burocracia e o maior apoio do Estado em termos contabilísticos

Na imprensa em 2020
«BitXPress vale mais que o Google»

O empreendedor tem…
Muita persistência, coragem e nunca se acomoda.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.