Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

LN Moldes com olhos postos em Angola

O Grupo LN Moldes poderá anunciar, em breve, a aposta no mercado angolano, um passo que será dado em parceria com uma grande empresa nacional, adiantou ontem o administrador do grupo, Leonel Costa, no âmbito da visita do ministro da Economia, Manuel Pinho, às instalações da empresa.

A notícia avançada hoje pelo Diário de Leiria revela ainda que a entrada naquele mercado deverá ser feita através de uma das empresas do grupo, detentora de uma patente para fabrico de um modelo especial de torneiras de segurança.

O Grupo LN Moldes, que integra cinco empresas, que actuam em áreas como o fabrico de moldes de alta precisão, ou produção de válvulas e torneiras em plástico, registou, em 2007, um volume de negócios de 13,93 milhões de euros, revela o diário.

Segundo o empresário, três empresas do grupo foram beneficiadas com apoios da Linha PME Investe, num total de 2,3 milhões de euros.

Durante a visita, Manuel Pinho destacou o lançamento da segunda Linha PME Investe, num montante de 400 milhões de euros, que poderá chegar aos 500 milhões. À semelhança da primeira linha de crédito, os beneficiários terão vantagens ao nível dos ‘spreads’ conseguidos junto da banca, bem como nos prazos de carência.

LE com Diário de Leiria

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.