Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Formação & Ensino

NERLEI dinamiza 64 acções de curta duração até final do ano

A NERLEI – Associação Empresarial da Região de Leiria vai dinamizar, até ao final do ano, 48 Unidades de Formação de Curta Duração (UFCD), num total de 64 acções. As accções de formação inserem-se no âmbito da candidatura ao Eixo 2 – Adaptabilidade e Aprendizagem ao Longo da Vida do POPH (Programa Operacional do Potencial Humano) na Tipologia 2.3 – Formações Modulares Certificadas, revela a associação no seu site.

As acções destinam-se a activos maiores de 18 anos, empregados e desempregados, mas excepcionalmente poderão ser admitidos formandos com menos de 18 anos, desde que comprovadamente inseridos no mercado de trabalho ou em centros educativos.

Estas acções são financiadas no âmbito do QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional) e apresentam dois níveis de aprendizagem 2 e 3. Para as UFCD de nível 2 serão seleccionados prioritariamente adultos com níveis de habilitação escolar inferiores ao 3º ciclo do ensino básico. Nas UFCD de nível 3, apenas podem participar adultos com habilitação escolar de, pelo menos, o 3º ciclo do ensino básico.

A Formação Modular Certificada, que tem por base as UFCD de 25 ou 50 horas constantes do Catálogo Nacional de Qualificações, destina-se a aperfeiçoar os conhecimentos e competências dos candidatos, podendo também ser frequentadas com vista a processos de reciclagem e reconversão profissional, proporcionando assim a aquisição de conhecimentos necessários a uma melhor integração no mercado de trabalho.

As acções dinamizadas pela NERLEI decorrerão na sede da associação, em Leiria, e na sua delegação em Porto de Mós. O número máximo de participantes por acção é de 25.

Consulte aqui o quadro de formações modulares para 2008.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.