Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Empresas

Iberomoldes cria mala segura

A SET, empresa do universo Iberomoldes, tem em desenvolvimento uma mala inteligente, capaz de “comunicar” onde se encontra, através de um sistema baseado num identificador que dá a localização em tempo real e está associado aos dados do proprietário através de uma chave numérica pré-definida, revela a edição de hoje do Região de Leiria.

O identificador seria embutido na mala, de forma aleatória e confidencial, durante o processo de injecção do plástico, explicou ao semanário, Henrique Neto, administrador do Grupo Iberomoldes.

O projecto Mala Segura está a ser desenvolvido em consórcio com a ANA – Aeroportos de Portugal, Critical Software, INESC Inovação, PIEP – Pólo de Inovação em Engenharia de Polímeros da Universidade do Minho e TECMIC – Tecnologias de Microelectrónica e envolve um investimento de cerca de 2,5 milhões de euros, dos quais 1,5 milhões são comparticipados pelo QREN.

Para ler na íntegra clique aqui

LE com Região de Leiria

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros.