Javascript desactivado

Para completa funcionalidade deste site é necessário activar o JavaScript. Aqui estão as instruções de como activar o JavaScript no seu navegador.

Actualidade

Consórcios liderados pela Mota-Engil e pela Brisa passam à fase final de negociação

Os consórcios liderados pela Mota-Engil e pela Brisa passaram à fase final de negociação com o Governo para a concessão rodoviária Litoral Oeste, um investimento de 260 milhões de euros, anunciou hoje o Ministério das Obras Públicas.

Estas duas propostas, abertas em Julho, propõem um pagamento médio anual que oscila entre os 8 e os 9,4 milhões de euros, revela esta quinta-feira o ministério de Mário Lino.

Fora da corrida à concessão Litoral Oeste, que permitirá a ligação em auto-estrada entre as auto-estradas A1 e A8 na zona de Leiria (IC36), ficaram os consórcios Auto-Estradas XXI, que integrava a Soares da Costa e o grupo de construção espanhol FCC, e Grupo Rodoviário Litoral Oeste, que incluía a Iridium e a Edifer.

A concessão prevê a construção, aumento do número de vias, financiamento, exploração e conservação, com cobrança de portagem aos utentes dos lanços de auto-estrada da IC2 (variante à Batalha, com extensão aproximada de 12,5 km) e IC36 (Leiria Sul (IC2)/Leiria Nascente (COL), com 6,3km).

Ao mesmo tempo prevê os lanços sem portagem da IC9 (Nazaré/Alcobaça/EN1, com cerca de 17km), EN8 (variante de Alcobaça, com 7,5km), EN242 (variante da Nazaré, com extensão aproximada de 5,7km), IC9 (EN1 Fátima, com cerca de 15km) e IC9 (Fátima (A1)/Ourém (Alburitel), com 22,2KM).

Esta concessão conta ainda com a operação, manutenção, aumento do número de vias, financiamento e exploração, sem cobrança de portagem, dos lanços COL (Cintura Oriente de Leiria, com extensão aproximada de 3,3km), VPL (Via de Penetração em Leiria, com cerca de 1,5km), IC9 (Alburitel/Carregueiros, com extensão aproximada de 5,4km), IC9 (Carregueiros/Tomar, com cerca de 8km) e EN1 (Nó do IC2 e Nó de S. Jorge (IC2), com 5km).

A data prevista para a conclusão do conjunto da concessão é, “no pior dos cenários, de 30 de Junho de 2011”, segundo o Ministério das Obras Públicas.

As mais lidas

Secil inaugura unidade de produção de microalgas em Pataias

A Secil inaugurou hoje, na sua fábrica em Pataias, Alcobaça, uma unidade de produção de microalgas. O projecto envolve a captação e utilização do CO2 ali gerado, por microalgas, que são depois canalizadas para os mercados que as aproveitam como ingrediente sustentável, natural e rico em compostos bioquímicos, nomeadamente para os da alimentação humana e animal. O investimento é de 15 milhões de euros.

Câmara vende Topo Norte do Estádio por 1,3 milhões para instalação das Finanças

O Município de Leiria aprovou esta terça-feira uma proposta de alienação da Torre Nascente do Topo Norte do Estádio Dr. Municipal Magalhães Pessoa, com uma área de construção de 4.500 metros quadrados, destinada a instalações para albergar e juntar num único local os Serviços de Finanças locais e distritais de Leiria. O valor da alienação do prédio é fixado em  1.339.503 euros. 

Exportações de moldes atingem novo recorde em 2016

Em 2016, as exportações da indústria portuguesa de moldes ascenderam a 626 milhões de euros, o que representa o quinto recorde consecutivo e a primeira vez que ultrapassam a barreira dos 600 milhões de euros. Aquele valor representa um acréscimo de 92% face a 2010.